sexta-feira, 8 de abril de 2016

Venha passear com o Dante e conhecer A Divina Comédia

   

    "Era uma vez um anjo que era o mais belo e poderoso do céu. O Portador da Luz, como também era conhecido, viu a criação do mundo e achou que ele seria seu, um triste engano..."

     E aew povos de todos os cantos da internet! Tudo Beleza? Eu, Tenshi, estou de volta pra apresentar pra vocês mas um dos grandes clássicos brasileiros. Mais uma das Obras de Arte da minha tão amada Daemon!

     Acredito que você já deve ter ouvido essa história em algum lugar, estou certo? Pois é, mas não ache que já conhece ela, pois hoje vamos contar ela de um jeito diferente. Afinal vamos falar de Demônios: A Divina Comédia. Este é um suplemento, criado pelo mestre Marcelo Del Debbio, para o Sistema Daemon, que conta a história do que aconteceu após a Primeira Rebelião, que foi liderada por Lúcifer. O livro é fortemente baseado na obra de Dante Alighieri, chamada de... *sons de tambores* A DIVINA COMÉDIA! (uau acho que já ouvi esse nome antes...). Onde Dante narra sua visitinha bacana aos círculos do Inferno.

           Continuando a historinha lá de cima, quando o ex-bambambam da Cidade de Prata (que estava babando pela Terra assim como cachorro por máquina de galeto) ficou sabendo que não teria aquele novo mundo para construir como quiser, ficou muito irritado. O Mundo seria dado para o próprio filho do Dimiurge, que foi criado a sua própria imagem e semelhança, seu nome? Christus. Em um ataque de pelanc... ira, Lúcifer reúne 1/3 da Tropa celeste e parte para o Solarium, o castelo gigantesco que é o círculo central da Cidade de Prata, lar dos Primeiros Anjos e do próprio Deus.

      Passando pelo próprio Miguel e sua tropa de defesa, ao chegar ao Solarium vêem Christus sentado ao lado direito de Deus. O Filho de Deus empunhando sua espada de mil sóis enfrenta sozinho Lúcifer e sua horda. A batalha durou uma eternidade. Os rebeldes foram vencidos e jogados em um lugar ainda sem nome, em um fosso onde iriam arder em seu próprio sangue até o dia do Juízo Final.

        Assim seria se Satã, ou Shaitan, não tivesse ajudado Lúcifer a se erguer e juntos ajudaram os demais a sair da fossa, ou melhor do fosso... Satã é uma entidade que foi criada junto com a primeira luz, mais exatamente da primeira sombra projetada pela primeira luz. A região passou a ser chamada de O Abismo.

Anjo Caído
     Em outro local bem longe de lá, o Deus Baal, Deus nascido no plano de Arkanun, entrou em combate com outro Deus maligno chamado Zebub, também nascido em Arkanun. Com a derrota de Zebub, sua forma maligna de alguma forma se fundiu ao próprio Baal, e essa nova entidade passou a ser conhecida por Baalzebub, que desceu ao submundo. Dessa forma foi criada a trindade que governa o Inferno, com Satã, Lúcifer e Baalzebub (apesar do terceiro ser bem mais fraco que os outros dois). 

     Tá mas e aí? É só isso? Claro que não, isso aí é só uma pincelada na história por trás do jogo. Mas vamos agora ao que mais interessa a você (e a mim também). Como se joga essa budega? Jogamos com os humanos e fugimos de medo dos chifrudos com cheiro de enxofre? Na-na-ni-na-não, aqui você joga como um modafoca capiroto do Inferno, com rabinho pontudo e tudo mais que você tem direito (mas pode jogar com humanos e usar esse suplemento para NPCs, fica "muito ótemo" também).

     Então vamos a criação do personagem? Você preenche sua ficha distribuindo seus pontos de atributos e perícias, de acordo com o tipo da campanha. Escolhe seu nome (parte mais absurdamente difícil de qualquer RPG) e finalmente escolhe a qual Casta Demoníaca você fará parte. 

      Vamos começar falando dos que levaram uma surra e um pé na bunda e foram enviados ao Fosso, os Anjos Caídos, oficialmente os primeiros a chegar no Inferno e a casta do titio Lú, os Anjos Caídos ainda se subdividem em subcastas igual a sua contraparte luminosa, os Anjos de Paradísia: Obscuri Corpore, Obscuri Captare, Obscuri Protetore ou Qlipoth (Pronúncia: Klipof), Serafins, Obscuri Tronos, Laminaks (Querubins caídos), Obscuri Reciperes e Obscuri Nimbus. Os Anjos Caídos são motivados pela vingança contra a Cidade de Prata, ou apenas viver sua vida na Terra. Fazem parte dessa casta: Lúcifer, Abadom (Também conhecido como Apoliom) e Baphomet.

      Os próximos da fila são os Death Knights, ou Cavaleiros Negros, ou ainda, Cavaleiros da Morte. São considerados os maiores guerreiros entre os demônios, uma especie de Elite entre os Condenados. "Vivem" pelo calor da batalha, pelo prazer da destruição ou da conquista, tudo a mando do seu mestre, os que não possuem mestre são chamados de Ronin. Fazem parte dessa Casta: Welf (presente no próprio livro). Eu só lembro do fodastico Arthas XD (lembra de algum? Postem nos comentários). 

     Seguindo o bonde temos os Daemons, que são originários de Arkanun (Plano diretamente anterior ao Plano Terrestre), são grandes guerreiros e magos que chegaram fugidos da destruição dos seus reinos. Começaram a chegar na Orbe Terrestre há 4 mil anos antes da vinda de Cristo, tornando-se até mesmo Deuses venerados pelos povos antigos. Alguns magos dessa casta ainda vagam pela Terra. Fazem parte dessa casta: Baal, Tiamat e Orcus.

     Quer mais? Então segura: Hellspawns, a casta dos condenados. São as almas dos humanos, que por algum motivo chamaram a atenção de algum chefão do Inferno. Inicialmente passam por castigos severos até serem selecionados por alguma qualidade, então passam por um treinamento infernal (tun dun tsi), para assim firmar o pacto e poderem ser liberados dos castigos. Fazem parte dessa casta: Kublai Khan, Gengis Khan e claro, ele, o fodástico Spawn

   PRÓXIMO!!! Succubi e Incubi, como você já deve imaginar são os demônios "safadenhos", mas não só isso, eles são os mestres da arte da sedução e manipulação, são os espiões do Inferno. Fazem parte dessa Casta: Lilith e Mata-Hari. 

     Continuando, Espectros: os originais eram seres de Arkanun ou Infernun que tiveram seus corpos destruídos e cujos espíritos passaram a vagar. Com o tempo espectros humanos passaram a surgir. Podem atuar de duas formas, tanto na sua forma natural, quanto possuindo um corpo mortal. Um espectro conhecido é o Azazel

    E por fim, temos as Hordas, que é algo muito interessante para se jogar, afinal você não controla UM personagem, mas sim uma HORDA, um grupo de demônios menores que apesar de poderem ter atributos diferentes, trabalham em conjunto e até possuem uma forma de "Mente Coletiva". Você começa o jogo com um pequeno grupo, mas que pode ir aumentando com a evolução do "personagem".

     E aí o que acharam, é supimpa ou não é? Recomendo muito a vocês tanto para jogarem como para terem mais informações e ideias para seus jogos. Ah, uma coisa, não é porque o jogo fala de demônios que você deverá jogar com um personagem maligno. O Próprio livro fala de alguns demônios que são sábios e pacifistas, por exemplo o Anjo Caído, Baphomet que chegou a ser adorado pelos Templários. E lembrem, assim como os humanos, os demônios têm o Livre-Arbítrio, então se você não quer jogar porque não gosta de personagens malignos, faça disso um desafio, crie um demônio que busca a redenção! Eu particularmente adoro personagens assim. O que importa é a diversão.

__________________________________________________________________________________________________________________

     E aí não conhecia e gostou? Ou então você já jogou e é fã (ou não)? Tem alguma Dúvida, Crítica ou Sugestão? Deixe aí nos comentários queremos saber a sua opinião.

      Se interessou pelo Clássico da Literatura, A Divina Comédia do autor Dante Aliguieri? Você pode adquirir o seu aqui.

      Então você quer mais? Espere que Anjos: A Cidade de Prata vem por aí. Para você aproveitar o melhor dos Dois Mundos! ;)  Mas enquanto isso conheça o Spiritum: O Reino dos Mortos, também da Daemon.

Um comentário:

  1. Legal não conhecia. Vai sair a dos anjos ainda? Da pra usar isso no mundo das trevas?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...